Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 

PAUL ÉLUARD

 

Paul Éluard, pseudônimo de Eugène Emile Paul Grindel (Saint-Denis, 14 de dezembro de 1895 - Charenton-le-Pont, 18 de novembro de 1952), foi um poeta francês, autor de poemas contra o nazismo que circularam clandestinamente durante a Segunda Guerra Mundial.

Participou no movimento dadaísta, foi um dos pilares do surrealismo, abrindo caminho para uma ação artística mais engajada, até filiar-se ao partido comunista francês. Tornou-se mundialmente conhecido como O Poeta da Liberdade.

É o mais lírico e considerado o mais bem dotado dos poetas surrealistas franceses.

Fonte: ver a biografia completa do autor na Wikipedia.

 

POEMAS DE PAUL ÉLUARD

Traduzidos por MANUEL BANDEIRA


PALMEIRAS

As árvores a copa orvalhada de sol
Rotas.  Dou ao meu sol a seiva evaporada.

O sol repousa sobre o mármore das folhas
Como a água do mar no fundo adormecido.
O céu é de um só bloco a terra é vertical
E as sombras das árvores continuam as árvores.

 

EM SEU LUGAR

Raio de sol entre dois límpidos diamantes   
E a lua a se fundir nos trigais obstinados

Uma imóvel mulher tomou lugar na terra
No calor ela se ilumina lentamente
Profundamente como um broto e como um fruto]

Nele a noite floresce o dia amadurece.

 

Veja também Poema visual de Paul Éluard>>

http://www.antoniomiranda.com.br/poesia_visual/paull_eluard.html

 

 

Página publicada em setembro de 2018


        


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar