Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RESA

Resa (Luis Eduardo Resende para registros oficiais) desempenhou um papel essencial na aventura de Bric-a-Brac, a melhor revista da  literatura experimental que Brasília já teve e uma das melhores do Brasil, território livre para todas as aventuras, pilotada por Luís Turiba, Lúcia Leão, João Borges (nos primeiros números ) e ...Resa, que atuou como o seu programador  visual nos seis números da publicação, de 1985 a 1991. 

ALMA / ARMA / ALARMA 

ALMA / ARMA / ALARMA 

RESA participou da Obranome II, mostra de poesia visual no Museu Nacional durante da I Bienal Internacional de Poesia de Brasília (setembro 2008), depois remontada no Parque Lage (Rio de Janeiro, 2009) e mais recentemente na Fundação Jaime Câmara (Goi8ânia, jan. / fev. 2010, cuja foto aparece aqui).

 

RESA
[LUIS EDUARDO REZENDE]
Miserere Nobis
Brasilia: Ed. do Autor, 2010.  68 p.   
ilus. col. Apoio FAC   isbn 978-85-910788-0-6



"a obra sabe das sobras e
as sobras cabem na obra
barraco barroco
onde os anjos dizem
amém é a mãe
meu nome é zé pequeno
e estou rolando os dadinhos
como se dissesse
estamos mexendo nossos pauzinhos
pois ninguém é de gesso
"

CHICO CÉSAR
fragmento do texto poético sobre a obra do Resa




"Embora dizendo-se ateu, Resa é profundamente religioso.  Não católico nem evangélico., sua religiosidade profana transcende os cânones burocráticos das doutrinas estabelecidas pelos clérigos." (...) "O minimalismo de Resa revela um artista filigranicamente preciso, minucioso, onde cada detalhe é um verso no poema inventivamente plástico." REYNALDO JARDIM

Apresentamos aqui uma das assemblages de Resa com um fragmento poético de Torquato Neto. [ " VAI BICHO / DESAFINAR / O CORO DOS CONTENTES" ]



o anjo da anunciação

fórmica estrutural, madeira, resina de poliéster, gesso, metal e dado, lasca de poema: torquato neto.  30x18 cm

 

 

 

 


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar