Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



ALMANDRADE 


Antônio Luiz M. Andrade. É arquiteto, poeta e artista plástico baiano, de Salvador. Como artista plástico já participou de quatro bienais internacionais em São Paulo, além de várias outras exposições no país e no exterior. Editou em 74 a revista “Semiótica”.  Seus poemas procuram dar às palavras intensidade plástica, forma. Publicou os livros “O Sacrifício dos Sentidos”, “Obscuridade do Riso”, “Poemas”, “Suor Noturno” e no prelo, “Arquitetura de Algodão”. É um dos grandes nomes brasileiros do poema visual e, já teve matéria sobre sua obra publicada na Revista Pampulha.

http://notivaga.com/mpa.asp?autor=Almandrade

El artista plástico, poeta y arquitecto ha producido una obra que se encamina hacia una estética minimalista, hacia una poética que se expresa utilizando un vocabulario mínimo, ya sea pictórico o linguístico. Almandrade es uno de los principales nombres de la poesía visual de Brasil de los años 70.

En definitiva, un artista que viene sorprendiendo desde hace treinta años con el rigor, la sutileza y la coherencia de trabajar con distintos soportes seguido por una tradición de un saber singular.

http://www.imperios.com/monse/escultor/almandrade/almandrade.htm http://www.expoart.com.br/almandrade/



 

 

LIVRO – POEMA
sem data – anos 70 ??

Feito a mão e carimbo com nome do autor.

Doação de Paco Cac ao Portal de Poeisa Iberoamericana






 

Trabalho singular este livro-poema de Almandrade. A palavra surge de uma linha contínua que se articula, compõe, forma-se em páginas sucessivas até revelar-se caligraficamente. Um achado,
ígneo, de uma intuição criativa reveladora. Palavra-poema. Da forma para o sentido, denominação, palavra-objeto em gestação. Caso raro de composição visual pois efetivamente parte da imagem para sua nominação, valendo-se do movimento — o browsing, folhear —no espaço-tempo de sua revelação, pela animação/participação do “leitor”. Manuscrito, artesanal, obra de artista calígrafo gerando sua própria inscrição objetual.
ANTONIO MIRANDA



ASSINATURA DO AUTOR SOBRE CARIMBO

Doação de Paco Cac ao Portal de Poesia Iberoamericana  

CARTÃO POSTAL
impresso, anos 70 ?? -sem título

Doação de Paco Cac ao Portal de Poeisa Iberoamericana

 




Voltar à página de Poesia Visual Voltar ao topo da página

 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar