Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 






QUEM É QUEM

Poema de Antonio Miranda
Ilus. José Campos Biscardi


Em que altura
ou dimensão
o poder dá tontura
ou dá tesão?
Anônimo burocrata


Que frágil é o equilíbrio
no organograma!


Um exercício de malabarismo
ou, antes,
a síndrome do artifício.


E o poder,
é vertical no cronograma?
É horizontal e sonoro,
auto-sustentável
no pentagrama?


Seria a dialética
dos antagonismos
ou o arbítrio
dos conformismos?
Um gesto de conciliação
nos dualismos
ou o prêmio à paciência
e à submissão?


Ato contínuo
e racional?


Anormal?

Um golpe de dados abolirá o azar?

E você, quem é,
na estrutura?


Sua ossatura
em que dossiê é sepultada?


Quem decide o seu nível de calorias,
as suas, as nossas mordomias?

E a inteligência
é sinônimo de sobrevivência?


Subserviência
eleva-se ao nível de ciência?


Quem resgata a vida,
enquadrada
em normas e preceitos?


(São dogmas ou são preconceitos?)

A nossa vida
alugada
e confinada
- é tudo ou nada?

Extraído da antologia coletiva CALIANDRA...

 


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar