Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CUANDO ME VAYA A LA LUNA


Poema de ANTONIO MIRANDA
música de XULIO FORMOSO

 

 

Cuando me vaya a la luna


no llevaré relojes


no llevaré la Biblia


ni remordimientos

 

Olvidaré mi nombre


mi cédula de identidade


y viajar é sin passaporte.

 

Dejaré rencores


tristezas.

 

Cuando me vaya a la luna


no querré firmar papeles


dejar testamentos


inventarios


balances.

 

Olvidaré en tierra firme


mi cuenta bancaria


mi libreta de teléfonos


mi vestuário


y la gramática.
Alunizaré sin prisa


despacio


como quien llega para quedarse.

 

 

(Caracas, 1968)

 

NOTA DEL EDITOR: esta es la versión original del poema, que sufrió pequeñas alteraciones cuando de su musicalización, como se puede oir em:

 

https://www.youtube.com/watch?v=VP2_mRrkS_M

Em 1969 eu escrevi um poema e depois musicalizei com o Xulio Formoso para a montagem do nosso espetáculo poético-musical “ Tu Pais está Feliz”, apresentado no Teatro Ateneo de Caracas, a partir de 28 de fevereiro de 1970. . Foi um dos pontos altos do espetáculo. Estávamos ainda sob o impacto da chegada dos astronautas na lua. O poema musicalizado é o que vai abaixo. Diz que não levaria a Bíblia para a Lua... Ninguém protestou, ninguém criticou o verso. Entenderam o título: CUANDO ME VAYA A LA LUNA. Você sabe que eu não sou ateu, sou agnóstico... A palavra “alunizaré” em espanhol diz respeito, claramente,  ao suposto e hipotético ato de pisar na lua... Mas na versão portuguesa o verso perde o sentido, pode ser interpretado mal.. Seria “aluarei”... e pode ser entendido com “estar no mundo da lua”... O dicionário vernáculo leva-nos a acepções mais complicadas: “Adoidar-se, ficar lunático. / Excitar-se, ficar no cio.”  Traduzir não é fácil. Não gosto de minha tradução do texto para a nossa língua... Como será a versão em russo feita por Oleg Almeida?! Sem dúvida, de qualidade mas com as adaptações linguísticas pertinentes.


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar