Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MUCIO LEÃO

Mucio Carneiro Leão nasceu em Recife, Pernambuco, em 1898. Jornalista no Rio de Janeiro. Publicou Thesouro recondito, 1926.

 

FREIRE, Laudelino. Pequena edição dos Sonetos brasileiro. 122 sonetos e retratos.  2ª. edição augmentada.  Rio de Janeiro: F. Briguet  e Cia. Editores, 1929. 256 p.  12,5x16 cm.  capa dura  Impresso na França por Tours  Imp. R. et P. Deslis.  Col. Bibl. Antonio Miranda

 

PERPETUAÇÃO

 

Fica um pouco de nós em cada verso,

Um pouco de nossa alma em cada amor : 

Vamos, em nosso fado assim diverso,

Morrendo um pouco em cada novo ardor...

 

Quando na plenitude do Universo

Minha alma eterna reintegrada for,

Hei-de encontrar-me, ainda a fremir, disperso

Nos restos do meu sonho, agora em flor.

 

Essa essência de luz, que hoje é minha alma,

IÍ que me faz sentir, vibrar, viver,

No sonho ardente e na volúpia calma,

 

Não se ha-de sem remédio desfazer : 

Ha-de ficar, para, nos céos, espalma,

Redimir, perpetuar meu próprio ser.

 

 

A MULHER NA POESIA DO BRASIL. Coletânea organizada por Da Costa Santos.  Belo Horizonte, MG: Edições “Mantiqueira”, 1948.  291 p.  14x18 cm.  Capa de Delfino Filho.  “ Da Costa Santos “  Ex. bibl. Antonio Miranda

 

FUGITIVA

 

Ela chegou, sorrindo ... eu a buscava ...

Buscava-a, fria de receio e pejo...

Trémula e fria, ela se aproximava       ,

Para a louca embriaguez do meu desejo.

 

Chegou, lenta, suavíssima.. .brilhava

Seu vulto sob as árvores ... seu beijo

Cantou na minha boca que a beijava...

Foi um brando suspiro ... um brando arquejo ...

 

Depois fugiu-me... ainda avistei seu vulto,

Que entre as noturnas sombras se escondia,

E, depois ... aflição ... febre ... tumulto ...

 

O céu, que esplende ... o mar, que se encapela ...

A noite, que arde ... a brisa, que cicia ...

Tudo a sofrer comigo ... a anelar por ela ...

 

 

Página publicada em março de 2014


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar