Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto extraída de www.recantodasletras.com.br

NICOLLAS RANIERI

 

Nicollas Ranieri de Moraes Pessôa nasceu em Uberaba, Minas Gerais, em 1991.

Mestrando em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e licenciado em Letras Português-Inglês pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM).

 

Extraído de

 

POESIA SEMPRE. Número 35 – Ano 17 – 2010.   Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, Ministério da Cultura, 2010. Editor Marco Lucchesi.  Ex. bibl. Antonio Miranda

 

Pedra

É uma pedra.
Mas a maquie aborígene,
e a vista com tecidos —
ósseos, musculares, epiteliais —
e com lã e seda e cetim;
deixe que ela ultrapasse
a forma do casulo e do caracol.
Mais que para um molde ou fantoche,
dê a ela uma vida postiça:
alfabetize-a, andrógina e lasciva;
faça disso um exercício físico.
Contudo ela é seca — frígida — hostil
e se esquiva: sua origem mineral
quer ser definitiva pelo tempos.
Ela quer se terra, areia
e alheia nada revela.
Ela se recompõe.
É uma pedra.

 

 

Predador

fecundando
ele rompe a semente útero
incinera os insetos que o observam obcecados
e logo é deglutido por um ofídio avestruz
mas insiste e reage sabotando a digestão
: facas que assaltam asas atrofiadas
— leque pavão de lâminas —
flor fundo com pétalas ásperas
lula água-viva e
formiga

esquecer para sempre
sua primeira geografia corporal
para surpreender (compreender)
sua presa

ele caranguejo fratura artelhos
ele escorpião mata caçadores
depois esconde-se no céu noturno
e com seus restos estelares
fabrica vértebras para si mesmo
bárbaro ele violenta bocas e genitais
sem conhecer sua próxima forma


 

lontra

sem saber ela
inicia seus jogos

(primeiro
no seu andar

dança
enigmas)

me lanço
— náufrago —
no encantamento

fulgor
— fogo —
onírico
que tatua o
pensar

música no
crepúsculo
de tudo

máscara
esfinge
— efígie —
nô— non
sense

 


        
Página publicada em setembro de 2018   

        

 


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar