Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

MOACIR LATERZA

 

       Nasceu em Uberaba, MG, Brasil, em 1928. Graduou-se em Filosofia em 1952. Foi professor das universidades federal e católica de Minas Gerais e bolsista e professor visitante  na University of Botre Dame du Lac, em Indiana (Estados Unidos do América). Autor dos livros Canto que amanhece (poesia, 1955), além de obras sobre filosofia e estética, contos, e participação em vídeos. 

 

 

 

medo

 

Pouca chuva do céu à janela humilde

e nossa rua da infância que suspira desacordada.

 

Na casa, a mãe liberta de seculares rugas,

apenas mãe,

acende a vela pra que o perigo passe.

 

Mãe, coitada, acendeu os olhos do filho

à vigília dos negros galos que amedonham as trevas.

 

E não sabe que em cada casa do quarteirão parado,

abandonado pelo pranto dos vivos,

há um morto em liberdade.

 

E nem ouve os galopes de nossos-heróis prefe­ridos,

nesta hora de legendários encalços

deslizando graves pelos sapatos.

 

Mãe não vê o corpo no lençol revolto,

qual peixe inerte de pelágicas origens,

assim cansado assim ausente,

vivendo a morte antes do tempo.

 

Mãe não sabe que pela noite imensa

o seu filho nunca mais adormeceu.  

 

 

travor

 

Sentindo-a sempre junto e ausente.

Jamais completar o enleio de seus braços.

E nem das fontes invioláveis de seus olhos,

 sofrer o travo mais fundo.

 

Ter o pórtico e a perspectiva do mundo,

o perfil de seus erros,

os descaminhos do sonho.

Nunca porém de seus ermos medonhos,

O desamor de seu saibro mais fundo.

 

Caminhar como se não caminhara,

a revolver no desolado lanço dos passos

a incerteza derradeira que nem sonhara.

 

 

Extraídos da obra: A POESIA EM UBERABA: DO MODERNISMO À VANGUARDA.

Antologia organizada e apresentada pelo poeta GUIDO BILHARINHo.

Uberaba: Insituto Triangulino de Cultura, 2003. 336 p. (Coleção Artecultura)



Voltar para o Topo da Página Voltar para a Página de Minas Gerais

 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar