Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MARIA SABINA

 

Maria Sabina de Albuquerque, nasceu em Barbacena (MG), no dia  6 de dezembro de 1898, e faleceu, em 17 de julho de 1991, no Rio de Janeiro.

Foi professora, poetisa, declamadora e feminista atuante.

Fundou, em 1921, no Rio de Janeiro, o Curso Olavo Bilac, de Arte de Dizer, que perdurou por quase setenta anos.

Doutora em Letras Inglesas pela Universidade de Cambridge. Lecionou francês, literatura universal, arte poética e oratória.

Jornalista, integrou a Associação Brasileira de Imprensa após 1930.

É patrona de cadeiras na Academia Barbacenense de Letras, na Academia Internacional de Letras e na Academia Nacional de Letras e Artes.

Em poesia, escreveu: Na Penumbra do Sonho (1921); Água Dormente (1925); O País sem Caminhos (1931); Entusiasmo, com três edições (1938, 1944 e 1968); Canto do Tempo Trágico (1946); Canto Solitário (1964); Sequência do Sonho (1971); As Testemunhas – Rimance do Tempo que Passou (1986), contendo 1361 versos.

Em prosa, publicou: Alma Tropical (contos – 1928); Adolpho Lutz (biografia); João Pedro de Albuquerque (biografia) e Joaquim Gonçalves Ramos (biografia).

É verbete na Enciclopédia de Literatura Brasileira, de Afrânio Coutinho e J. Galante de Sousa.

Biografia extraída de: http://www.poeta.ws

 

 

ALBUM DE POESIAS.  Supplemento d´O MALHO.   RJ: s.d.   117 p.  ilus. col.  Ex. Antonio Miranda

 

Página publicada em abril de 2019


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar