Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: http://chamarteblogspotcom.blogspot.com/

 

BRENDA MARQUES PENA

 

Jornalista, poetisa, fotógrafa e baterista da banda Cáustica. Presidente do Instituto Imersão Latina, com mestrado em Literatura e outros sistemas semióticos pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Nasceu e vive em Belo Horizonte (MG), onde trabalha na Rede Minas Cultural e Educativa. Integra o Coletivo Contorno, as bandas Cáustica e Ablusadas, o grupo Corpo Língua de performance cênica e o núcleo de pesquisa em dramaturgia do Galpão Cine Horto. Atualmente pré-doutoranda, é Mestre em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, cursando disciplinas de doutorado em Linguagens do CEFET-MG.

 

 

               

JUEGOS FLORALES / JOGOS FLORAISMontevideo: aBrace editora, 2011.  253 p.   13 x 18,5 cm.  ISBN 978-9974-673-21-2   Ex. bibl. Antonio Miranda

 

 

Girassol

           Quem sabe teu caminho seja tão diferente do meu
Quem sabe nossas forças se façam na distância
E nossos corpos não se toquem mais
Nem mesmo nossas peles se aqueçam
Quem sabe a tua casa não seja mais no meu lar
E em teus ombros não encontre mais segurança
Porém na Lua e nas constelações dos céus
Te vejo mais belo que o pôr-do-sol
Teus cabelos pretos brilham ainda que na escuridão
E teus olhos me fazem ver que há poesia sem tudo:
No ar, no suspiro e até no meu silêncio...


 

Girasol


Quizá tu caminho sea tan distinto del mío
Quizá seamos más fuerts distantes
Y nuestros cuerpos no se toquen más
Ni tampoco nuestras pieles se encienden
Quizá tu dasa no sea más mi hogar
Y en tus hombros yo no encuentre más seguridade
Pero en l aluna y en las constelacioanes de los cielos
Te veo más hermoso que la puesta del sol
Tus cabelos negros brillan incluso en la oscuridad
Y tus ojos me hacen ver que hay poesía en todo:
En el aire, en el suspiro y hasta en el silencio...

 

 

 

 

 

NÓS DA POESIA.volume 2.  Org. Brenda Marques Pena.  São Paulo: All Print, 2009.        119 p.    Ex. bibl. Antonio Miranda  

 

 

                Sertão Aeioua no Arraiá

Que mistérios guardam o sertão de cada um?
A secura da alma tem respostas que vão além
Ritmado com as lembranças da sede de alguém
O sertão absorve o choro saudoso do lugar algum.

       Quem conhece a caatinga dos caboclos lá já foi
O olhar pensante dos sertanejos transtornados
Das Rosas distribuídas por Guimarães sem boi
Diadorim é bússola quebrada dos apaixonados.

Dança de roda cobre o arraial dessas veredas
Onde só o criador do Grande Sertão é capaz
De ouvir o vento aeiour um pouco de paz

       Nas almas em redemoinhos de labaredas.

 

 

 

Veja e Leia outros poetas do Estado de Minas Gerais:

http://www.antoniomiranda.com.br/poesia_brasis/minas_gerais/minas_gerais.html

 

 

 

Página publicada em fevereiro de 2020;

Página ampliada em dezembro de 2020

 



 

 


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar