Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 

 

 

Fonte: http://www.thesaurus.com.br/

M. P. HAICKEL

Marco Polo Haickel é maranhense, professor de Literatura Brasileira, Língua Espanhola, voluntário no projeto O Livro na Rua e colabora na Revista Eletrônica Nós Fora dos Eixos.

 

HAICKEL, M. P.  Poemas de um amor ao ocaso.  3ª. edição.  Brasília, DF: Virus Editora, 1994.  S.p.  10,5x15 cm.  Col. Bibl. Antonio Miranda    

 

 

        PARTINDO

 

Nossos palavras brigavam, perdidas...

Era preciso tanto orgulho? Tanto ódio?

Naquela tarde nada se fundia; prendidas,

nossas vidas eram entorpecidas por óplol

 

Era mesmo preciso tanto desamor?

Esse frio solitário ao calor?

Esse vazio naquela viagem Infinita.,,

Era ausência de ópio naquela tarde esquisita..

 

Brasília entardecendo,

entardecia com soluços reprimidos

em nossa angustia, nossa melancolia..,

 

Eu entardecendo, entardecia

naquele teu olhar, tua mirada

e o amor de letal desvanecia.

 

 

                      O POEMA NOTURNO

 

No escuro, me estico na cama

e lentamente imagino meu rosto enrubescido

pela brasa do cigarro num lento trago.

 

Saboreio...

 

Uma música melodiosa ao fundo

me entranha num torvelinho de sentimentos,

 

A fumaça parte rumo ao inusitado, e junto

vai o meu pensamento suavemente subindo...

 

Assombra-me esse pensamento!

Não multo longe, respira pausadamente, meu

mundo, minha espécie.

 

Nesse momento, o mundo na minha concepção

já foi conquistado.

Só me resta - não vivê-lo, mas sim, -

Intensificá-lo, e assim o faço cautelosamente.

 

Também, nesse momento, a vida se faz completa

pois está vazia de pensamentos fixos...

 

Talvez um breve suspiro,

um frémito repentino me desperte desse

preâmbulo,

esse misto de sonho, torpor e cansaço.

 

Resta-me a noite como companheira e a pena

como aliada.

 

Eu tenho os pensamentos longe

e o rosto não mais intumescido nessa solidão de

ser.

 

Aos poucos tudo passa a ser como um porto e

solidão.

 

 

Página publicada em maio de 2014.

 


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar