Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

POESIA GOIANA

Coordenação de Salomão Sousa

 

Foto: extraída de http://curtamais.com.br/

 

 

NELLY ALVES DE ALMEIDA


 (1916–1999)

 

Nasceu em Jaraguá, Goiás. Estudou na Universidade Católica de Goiás.

Lecionou filologia na Escola Complementar de Itaberaí. Em Goiânia, no Colégio Santo Agostinho e no Instituto de Educação de Goiás.
Publicou, dentre outros livros, “A diferença entre o português do Brasil e o de Portugal”, 1974; e “Aspecto da literatura goiana”, 1980.

 

 

FERREIRA, Sônia.  Chuva de poesias, cores e notas no Brasil Central – história através da arte.  2ª. edição revista e melhorada.  Goiânia: Kelps, 2007.  294 p.  ilus. col.         (antologia de poemas de autores do CECULCO – Centro de Cultura da Região do Centro-Oeste)   Ex. bibl. Antonio Miranda

 

CANÇÃO A PEDRO LUDOVICO  *

 

Salve, Pedro Ludovico, menino ousado,
na infância e adolescência; percorria,
nas asas do anseio e da esperança,
as ruas da cidade secular. E via
e sonhava, em imagem projetada no futuro,
que o tempo da colheita chegaria
em messe de vitórias, de conquistas,
despertando seu Goiás adormecido.

 

Ligeiro o tempo caminhou, o dia chegou,

fez-se homem o menino ousado.

E, entre o trabalho e o ideal, mediador,

irmanou-se ao povo e conflitos dominou.

As lutas nacionais,

às realidades do Estado Novo,

que Vargas comandou com força e fé,

pensando em progresso e amor,

destemido, integrou nosso Goiás.

 

E, de onde, no princípio era o vazio,
impreciso, indefinido,

trouxe Goiânia com a chave da cidade-veneranda,
na majestade do Batismo Cultural.
Nascida de sonhos antigos, fenómeno urbano,
fato nacional, lance épico, imortalidade,
capital do amor, das flores, da alegria,
Goiânia é vitória conquistada.

 

"Terceiro Anhanguera, o do Século do Aço",

palma imortal de heroísmo,

Goiânia é Pedro

Pedro é Goiânia, é glória

— relíquias — fragrância de História!

 

 

*Esta poema foi musicado pela compositora e cantora Maria Ludovico de Almeida e Ludovico Teixeira, coordenado pela escritora Sônia Ferreira.

 

 

Página publicada em dezembro de 2019


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar