Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: culturaalternativa.com.br

 

LUCIMAR RODRIGUES

 

 

A poetisa brasiliense Lucimar Rodrigues estreou nas artes literárias com “O livro na rua – contos e poemas”. Em 2011 lançou seu segundo trabalho, do qual muito se orgulha, Eu e meus nós pela Editora Thesaurus. Analista Judiciária do TST Lucimar é também cantora, coralista e blogueira. Em sua página www.euemeusnos.wordpress.com Lucimar abre um pouco de sua intimidade e brinda seus leitores com poemas, crônicas e um diário onde ata e desata os nós do seu cotidiano.

 

TEXTO EM PORTUGUÊS

 

 

JUEGOS FLORALES / JOGOS FLORAIS.  Montevideo: aBrace editora, 2011.  253 p.   13 x 18,5 cm.  ISBN 978-9974-673-21-2   Ex. bibl. Antonio Miranda

 

 

        Súplica

Deixa-me ficar aqui só mais um pouco
só até o amanhecer.
Prometo ficar quieta, em silêncio,
velar seu sono, ouvir seus sonhos e
rezar pra não lhe perder.
Ah! Deixa que me enrosque no seu corpo,
respire seu ar e adormeça de mansinho
sem lhe acordar,
prometo ainda cantar bem baixinho
Cantigas antigas ternas de ninar
só pro seu sono embalar.
Prometo trazer na cama seu café da manhã,
adoção com todo amor que tenho pra lhe dar,
colher as frutas da estação,
enfeitar com sonhos sua bandeja,
buscar flores que alegrem seu coração,
temperar com carinho seus biscoitos preferidos,
trazer os pássaros para cantar...
Ah! prometo me entregar como uma gueixa
sem mágoas, sem queixas
se você me quiser...
Só pra poder ficar mais um pouco.
Prometo a brisa suave da manhã.
O calor ameno dos dias ensolarados
ou uma chuva fina e preguiçosa
é só você escolher
e eu faço tudo, faço qualquer coisa,.
por favor, me deixa ficar mais um pouco.

 

 

 

TEXTO EN ESPAÑOL

 

        Súplica

Déjame quedarme aqui sólo un poco más,
sólo hasta el amanecer.
Prometo estar quieta, en silencio,
velar mientras duermes, oír tus sueños y
rezar para no perderte.
Ah! Deja que me envuelva a tu cuerpo,
respire tu aire y me adormezca mansamente
sin despertarte,
prometo además cantar bien bajito
sólo para mecer tu sueño
Prometo llevarte el desayuno a la cama,
endulzado con todo el amor que tengo para darte,
elegir las frutas de estación,
adornar con sueños tu bandeja,
buscar flores que alegren tu corazón,
condimentar con cariño tus galletas preferidas
traer los pájaros para cantar...
Ah! prometo entregarme como una geisha
sin amarguras, sin quejas
si tu me quisieras...
Sólo para poder quedarme un poco más.
Prometo la brisa suave de la mañanna.
El calor ameno de los días soleados
o una lluvia fina e indolente
es sólo tú elegir
y yo hago todo, hago cualquier cosa,
por favor, déjame quedarme sólo un poco más.

 

 

 

Página publicada em fevereiro de 2020

 


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar