Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


JORGE AMÂNCIO

Carioca, nasceu em 1953 e reside em Brasília desde 1976.  Licenciado em Física pela Universidade de Brasília, professor da Fundação Educacional do Distrito Federal, participante e ativista de movimentos sociais de luta contra o preconceito racial.  Começou a publicar seus textos poéticos no jornal Raça do M.N.U. (Movimento Negro Unificado), no início dos anos 80.

É responsável, com Marcos Freitas, pela organização do evento Poemação no auditório da Biblioteca Nacional de Brasília, desde meados de 2009.

 

AMÂNCIO, Jorge.  Batom d´amor e morte.  Brasília, DF: Thesaurus, 2014.  86 p. 14x21 cm.  Capa: Victor Tagore.  ISBN 978-85-409-0328-9  “ Jorge Amâncio “  Ex. bibl. Antonio Miranda

 

anonimato

 

...os olhos de Rapunzel

caíram sobre o papel

numa mecha roxa

 

Os olhos são pássaros raros

 

...passeando sobre seu corpo

ruíram sobre a nudez

tochas ladras de escultura

 

A boca é um ticket de ida

 

...o músico toca o trompete

deixando a marca de batom

na boquilha apertada

 

Sem nome,

ela prefere passear,

oferecendo a calcinha preta

 

 

vamp ira

 

Andavas pelas pernas do vento

logrando seu ventre ao sémen

constituindo enigmaticamente

minha vamp ira em fogo

 

Crucificavas minha memória

procurando um elo-sanguíneo

entre o passado e o futuro

 

Desnudavas acordes atonais

embaçando os olhos rayban

metralhando sob a pele víbora

tatuagens vampirescas traçadas

pela mandíbula venenosa

Jorge Amâncio e Antonio Miranda no lancemento do livro


 

JORGE AMÂNCIO

De
NEGROJORGEN
(poesia)

Brasília: Itiquira/ Thesaurus, 2007
ISBN  978- 85-7062-695-0

(A capa do livro é um labirinto palindrômico, de autoria de Rones Lima)

 

RELIGAFRICA

 

Religai,

religar o homem a sua origem

Com espiritualidade, sem ícones,

sem reis, sem donos, sem opressão,

sem medos, sem pecados ou culpas.

 

Religar,

aos antepassados,

a África,

aos tambores,

aos Orixás

 

Religar ao primo ponto

Útero da humanidade

 

Religai

Religar o homem ao Ser

com igualdade, sem discriminação

sem inquérito, sem perseguição

sem mortes, sem escravidão

 

Religar

ao hoje

ao segredo dos tambores

ao primo ponto

uúero da humanidade

 

Religrafrica

 

 

MUNDO SEM FRONTEIRAS

 

Muçulmano cristão

judeu islâmico

branco negro

pobre rico

Haiti Nova York

 

0 medo tem fronteiras

marcadas pela miséria

pela cor pelos apelos


0 mundo é sem fronteira

 

 

PRETO N0 NEGRO

 

grana preta peste negra

minha preta pérola negra

faixa preta cambio negro

 

negropreto

musica negra

poesia negra

artista negro

 

um preto

pretinho basico

pretaporter

 

pretonegro

negro gato

gato preto

caixa preta

buraco negro

 

 

SEGREDO 44

 

A existência

A negrejar

Tatuou-se em ti

 

A semente

A enegrecer

Embrionou-se em ti

 

A vida

A negritude

Cicatrizou-se em ti

 

A beleza

A negrura

Instalou-se em ti

 

 

 

 

AMÂNCIO, JorgeNegrojorgen.  Brasília: Ler Editora, 2012.  108 p.  14x21 cm. Projeto gráfico Nathália Alencar Neiva.  IBSN  978-85-7062-695-0  Col. A.M.

 

segredo 33

Destes teus olhos negros

espero nunca escapar

Serei teu espelho

Escolha única dos teus

jogos de armar e amar

Objetos negros de se olhar

Segredos teus, segredos meus

 

 

segredo 34

 

A tua presença

cresce em luz

Iluminando

os cantos da sala

 

O corpo negro

radiante de luz

desliza

sobre os objetos

 

Contagia a fala

Conspira pela paz

Transpira

gotas brilhantes

 

A negra presença

desce do invisível

transformando

a realidade em luz

 

 

Página publicada em agosto de 2009;- ampliada e republicada em dezembro de 2013; ampliada e republicada em novembro de 2014.

 


Voltar à página do Distrito Federal Voltar ao topo da página

 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar