Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: www.researchgate.net/

 

GABRIEL SOUSA DINIZ

 

 

Brasília - DF

gdiniz93@gmail.com

 

Aluno de doutorado em Física desde o início de 2016, pela UnB, graduado em Física em 2013 pela UnB e mestre em Geofísica espacial desde 2016 pelo INPE. Trabalhando na área de física da atmosfera de alta energia, orientado pelo doutor Ivan Soares Ferreira (UnB).

 

 

VOZES DE AÇO. XX Antologia Poética de Diversos Autores. Homenagem à poeta e musicista Denise Emmer. Volta Redonda, RJ: Gráfica Drummond, 2018. 128 p. Apresentação Jean Carlos Gomes. ISBN 978-85-63913-83-8 Ex. bibl. Antonio Miranda

 

 

 

VIAGEM CÓSMICA PELA PRAIA NA SALA ESCURA

 

Na sala escura, o tato é rei.

Tateia, o tato, um tatame de tatuagens.

Na sala escura, a mesa é Coliseu.

Museu de maravilhas mostrava-se na mesa.

 

Sua roupa oceânica recuava em maré baixa com a chegada

                                                                   [dos meus dedos.
Nossos fluidos corpos derramavam-se em si mesmos}
[de jarras cósmicas.
Réstias de solidez gritavam presença com o ceifar das unhas,

                                                         [dos dentes e dos pelos.  
O barulho de nossas ondas, o balanço de nosso mar,
[os gemidos de Iemanjá.

 

Nunca a amei.
Mal a conheci.

Mas nosso gozo correu toda a via láctea,
até a eternidade.

 

 

 

CONVERSA COM MILOSZ

 

Em áureos tempos de sincronia linguística,

os povos uniram-se para tocar o céu

e, audaciosos, queriam trazer Deus a seus pés.

Este quebrou a fala em muitas,

num lampejo de fúria mística.

 

A disritmia andava de mãos dadas com o caos.

Em guerras, a miséria instaurou-se.

Povos, como alcatéias, isolaram-se

e latiam uns aos outros nos tempos maus.

 

Nucleares falas choviam do céu e só.

"Num alarido de muitas línguas foi anunciada a morte da palavra". *

E, finalmente, a união restaurou-se.

Pois tudo tornou-se nada, e este é uma entidade só.

 

 

*Citação de Czeslaw Milosz, no poema “Economia divina”.

 

 

 

 

 

Página publicada em julho de 2019


 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar