Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SIDNEY WANDERLEY

 

Sidney Wanderley nasceu em Alagoas, 1953

SIDNEY WANDERLEY

De
Sidney Wanderley 
HAI QUASE
Jaboatão, PE: Editora Guararapes, - EGM, S.D.
 sanfonado. Gentilmente enviado pelo editor
Edson Guedes de Morais

crepúsculo.
mudo faz-se o mundo
e loquaz a luz

**

do derradeiro canto
do pomposo cisne
ri-se o riacho irônico.

**

sem culpa ou agasalhos,
plácidos peixes passeiam
no estreito mar do aquário.

**

cauda e crina equinas
eriçam quando roçam
carnes femininas.

**

na cozinha da casa-grande
entre a fuligem e os temperos
o tricô dos fuxicos se expande.

**

com frieza assassina
engole bois e pastagens
a espessa neblina.


**

talvez celebre a andorinha
morta no campanário
o repique desses sinos.

**

bem hajam os que ouvem
átomos, galáxias,
brumas e Beethoven
.

 

 

Extraído de:
2011 CALENDÁRIO   poetas     antologia
Jaboatão dos Guararapes, PE: Editora Guararapes EGM, 2010.
Editor: Edson Guedes de Morais

 

/ Caixa de cartão duro com 12 conjuntos de poemas, um para cada mês do ano. Os poetas incluídos pelo mês de seu aniversário. Inclui efígie e um poema de cada poeta, escolhidos entre os clássicos e os contemporâneos do Brasil, e alguns de Portugal. Produção artesanal.

 

De
Sidney Wanderley
Desde Sempre
São Paulo: Escrituras editora. 2000.
51 p.  ISBN 85-86303-72-0

 

            EPÍLOGO DAS CORES

Toda ingenuidade é verde.
Toda saudade faz-se azul.
Rubros, arrebóis e rancores.
Branco é todo devenir.

E ao fim de todas as cores
o fim de todas as coisas,
o fim:
gritos, choros, pragas e ranger de dentes.

 

gênesis

e deus fez o mundo.
e Deus fez o homem
e repousou ao sétimo dia.
então o homem se fez no mundo
e Deus nunca mais fez nada.

fez-se eterno o divino
e merecido repouso.

 

Página publicada em julho de 2010; ampliada a republicada em fevereiro de 2011.

 

 

Voltar para o topo da página Voltar para a página de Alagoas

 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar