Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



ESCREVO DE PÉ ANDANDO

 

Poema de Antonio Miranda

 

Foto de JUVENAL BARBOSA

 

 

assim mesmo, sim, cabisbaixo

declamo frases prontas, teorias

na passarela, coisa de mostruário

 

(a vida pulsa nas calçadas e

o vento nos envolve — indistinta

mente — , portas entreabertas)

 

pássaros sem asas, telefones mudos

caminhos sem destino, inquietação

— estamos no umbral sem fundo.

 

janelas sem paisagens, muros

cariados, estamos sendo devorados

e festejamos nosso conformismo

 

acho que estão nos filmando

e disfarço, busco o gesto adequado

— vou ser visto, lido — um horror!

 

a palavra imortaliza, mas eu passo.

eu tergiverso, busco as engrenagens

e antecipo a morte — liquefaço.

 

deixo um rastro de palavras ocas

ecos de vozes instigantes, que cobram

atropelam— eu fluo e fujo, as vezes

 

 

 

 

Marcador de livro, impresso como cortesia pela
Editora Guararapes,
de Edson Guedes de Morais, em 2015.

 




 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar